Av. Itaú, nº 450, Dom Cabral, 30535-012, Belo Horizonte

Dimensões Antropológicos-Teológicas

No dizer do Documento de Aparecida, número 39 “é necessário um projeto formativo do seminário que ofereça aos seminaristas um verdadeiro processo integral”.

Neste sentido, toda dinâmica da comunidade formativa se estabelece sob ou tem sua sustentação nas cinco dimensões antropológico – teológicas da formação, a saber: Comunitária, Humano – afetiva, Intelectual, Espiritual e Pastoral Missionária. Essas dimensões da formação correspondem às exigências essenciais da identidade e missão dos presbíteros, devendo ser definidas e integradas harmonicamente ao longo do processo formativo em um consistente Projeto Pessoal de Vida, possibilitando um crescimento integral da pessoa do formando e o estabelecimento de fundamentos sólidos e eficientes para a vida e a missão dos presbíteros.

No projeto formativo do Seminário diocesano São José essas dimensões ganham vida e dinâmica à partir do PPV (Projeto Pessoal de Vida) e dos GV (Grupos de Vida), como se verifica, a seguir:

formação humano-afetiva
formação comunitária
formação espiritual
formação pastoral-missionária (cf. DMPB, n. 92)
formação intelectual (PDV, n. 42)