Av. Itaú, nº 450, Dom Cabral, 30535-012, Belo Horizonte

Homenagem às Mulheres

Mulher que acolhe
Mulher que gera
Mulher que espera
Mulher que existe
Que sempre persiste
Mulher que ama
Amor que clama
Mulher que encanta
E nunca espanta
Jardim que floresce
Em meio ao campestre
Mulher que chora
A dor da prisão
Pois um dia fora aprisionada pelo Zangão
Mulher que anseia pela libertação
Mulher que transforma
E de alegria transborda
Mulher! Diante de tudo que ès
Nunca te permitas ir de encontro ao revés .

Paulo Leal’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *